Jessica Nigri e o assédio no Chile


Ohayo!~~
Koto aqui ressurgindo depois de quase 3 meses peço perdão pelo vacilo. Mas enfim, tô de volta, e vim falar sobre um assunto recente que me incomodou muito: o que aconteceu com a Jessica Nigri no evento Festigame, no Chile.


Eu poderia resumir aqui com minhas palavras o que aconteceu antes de opinar sobre o assunto, mas eu prefiro trazer a tradução (livre interpretação, feita por mim) do post dela no Facebook:

Isso pode me causar muita merda, mas eu tenho que falar sobre isso...
Hoje no Festigame no Chile, nós tivemos um concurso cosplay. Esse concurso em particular foi o primeiro de dois e era em grupo. Eu tinha decidido tirar o meu cosplay de Blood elf, já que da última vez que eu subi no palco com meu cosplay de Super Sonico, a multidão gritou “roupas demais” repetidamente em Espanhol. Dessa vez, eu julguei a competição usando moletom e jeans. O coro continou enquanto julgávamos o concurso, e eu me senti muito chateada, mas ignorei.
Teve um grupo incrível de Borderlands, completo com Mad Moxxi, Captain Scarlett, e incríveis Jack and Claptrap. Logo que a Moxxi pisou no palco, a multidão gritou e assoviou. Depois disso, um grupo fantástico de homens vestindo cosplays genderbender de League of Legends, que acabou ganhando em primeiro lugar, apareceram em suas incríveis fantasias, mas a multidão ficou em silêncio. Eu senti raiva porque quando as mulheres estavam no palco, eles assoviaram e gritaram, mas eu estava particularmente chateada com o fato de que porque eles não estavam seminus, a multidão não queria nada com eles. Mal tiveram aplausos.
Eu só quero que as pessoas saibam que, embora eu seja “bem conhecida” no cenário, o jeito que eu faço cosplay não é o único jeito de se fazer cosplay. Eu não quero representar o cosplay como um todo, eu represento uma parte disso. Cosplay é brincar de se fantasiar, é criatividade, é imaginação, é incrível. Eu faço cosplay do jeito que eu faço por diversão e porque honestamente eu não sei se conseguiria fazer ¼ das coisas incríveis que as pessoas fazem. Eu enfatizo os momentos bons e em sentir-se bem, ser você mesmo e ser gentil. Dito isso, eu senti raiva da multidão pela falta de entusiasmo com as fantasias dos rapazes. Elas eram fenomenalmente feitas e todos eles fizeram um ótimo trabalho representando o personagem de feminino para masculino.
Eu quero enfatizar, cosplay não é só sobre peitos e bunda. É sobre diversão, magia criativa com meus amigos. É sobre passar semanas fazendo algo que só será usado por um dia. É sobre se sentir bem consigo mesmo em uma fantasia para compartilhar com o mundo. Esses rapazes fizeram um trabalho incrível e eu só queria dizer o quanto eu apreciei as fantasias deles.
Com tudo isso dito... Eu vou tentar muito mais do que eu tenho tentado. Eu tenho decepcionado vocês com meu estilo de cosplay (um pouco de peitos é ok, mas não em todo cosplay, Nigri).
Eu amo todos vocês. Isso é tudo.
TLDR; homens vencem concurso, falta de entusiasmo do público, eu faço cosplay com peitos mas eu não sou o exemplo máximo dos cosplays. Faça cosplay como você quiser. Cosplay é sobre criar e se divertir. EU VOU MELHORAR.
Não sei, só achei que devia compartilhar. (Post original)

Ok, então, a Nigri postou isso na fanpage dela no Facebook dia 15 de agosto, e vários blogs e páginas começaram a dar share e traduzir a história, a maioria em apoio à cosplayer.
Eis que então começaram a surgir comentários do tipo “ninguém merece passar por isso, mas...”. Quero chamar atenção pra uma coisa: NÃO TEM “MAS” nessa história. Não tem “mas” em nenhum caso de assédio. Se você vai argumentar com “ela não merecia ter passado por isso, MAS”, nem venha. Fique quieto, guarde o comentário pra si, reflita mais um pouco e depois comente algo sobre o assunto.
Eu li MUITOS, muitos MESMO, comentários sobre o ocorrido. Vindos tanto de mulheres quanto de homens e, pasmem, a GRANDE MAIORIA acredita que ela deveria “se preparar para isso” ou que ela “sabia que isso poderia acontecer” simplesmente porque ela faz cosplays sensuais. OI?????
Gente, que que tá acontecendo com o mundo? Agora, só porque a menina faz cosplay sensual ela merece ser humilhada e assediada por UMA MULTIDÃO? SÉRIO?
Eu já falei sobre isso (inclusive citando a Nigri) no meu post sobre “cosputas”  aqui no Otome TeaTime. Eu realmente tenho esperanças de que um dia não se precise mais discutir o assunto por ser óbvio, mas esse dia, infelizmente, não é hoje.


mimimi a Nigri não tem cosplay bom mimimi é só peito mimimi

A Jessica Nigri é conhecida por fazer cosplays ousados? SIM.
Ela mostra os peitos e a bunda? SIM.
Ela muda intencionalmente os cosplays dela pra tornar eles mais sexys? SIM.
Ela merece ser assediada por isso? NÃO.
Parece óbvio pra quem tem um mínimo de bom senso, mas pelo jeito tem muita gente com dificuldade de entender isso.

Não, ela não pode ser assediada só porque ela faz cosplay com pouca roupa. Não, ela  não pode ser assediada só porque ela modifica cosplays pra tornar eles sexys. Sim, ela pode fazer o cosplay que ela quiser porque o corpo, o dinheiro e o tempo investidos são DELA. E ninguém, eu disse NINGUÉM tem o direito de julgá-la por causa disso.

Eu não sou fã da Nigri. Não gosto de muitos dos cosplays dela. Mas isso em nada tem a ver com a quantidade de pele que ela mostra ou deixa de mostrar. E, embora eu não seja fã, ela tem o meu total apoio. Cosplayers têm o direito de fazer a fantasia que quiserem, do jeito que quiserem. Se ela se sente bem sensualizando o personagem, BOM PRA ELA. O importante é se divertir e se sentir bem. E isso ela já deixou bem claro. Aí vem as pessoas com o argumento de “ai, mas se o personagem é sexy tudo bem, agora mudar o cosplay pra deixar sensual é ser vadia”.
Amigo, NÃO.
Por que que cosplay versão natal pode? Versão pool party? Versão inverno? Versão qualquer-caralho-que-não-seja-oficial pode? Aí cosplay sensual todo mundo cai matando “nossa, que vadia”, “quer mostrar os peitos”, “cosputa”. Se ela se sente bem com o cosplay dela, PORQUE QUE TODO MUNDO SE ACHA NO DIREITO DE JULGAR E SE METER NA VIDA DELA???

E, atentem ao fim do post dela: ela resolveu mudar. Resolveu mudar porque provavelmente cansou de ouvir tanta merda. Até quando nós mulheres vamos ter que mudar por coisas que não são nossa culpa? Pra quem tá acompanhando o cenário internacional de League of Legends, sabe que recentemente foi divulgado a saída da jogadora Remilia do competitivo, depois de ter que aguentar assédio até não poder mais. Assédio tá em todo lugar: nos jogos, nos eventos, nas ruas, nos ônibus, nos trens. ISSO TEM QUE PARAR.

Pelo amor de Deus, vamos ter um pouco mais de empatia, por favor? Vocês, mulheres, vamos parar de julgar a coleguinha? Todas nós sofremos com assédio dentro e fora dos cosplays. Vocês querem REALMENTE apoiar os homens que nos assediam?
Vocês, homens, tenham um pouco de consciência e se coloquem no lugar das mulheres que vocês estão chamando de “vadias”. Nós temos direito de usar a roupa que quisermos, de fazer o cosplay que nos sentimos bem. Ninguém tem que ser julgado por isso. Ninguém chama os homens de “putos” ou “vadios” (não vou nem entrar no mérito da diferença de vadio vs. vadia, vagabundo vs. vagabunda, puto vs. puta, porque é assunto pra outro post) simplesmente pela roupa que vocês usam. Ou melhor: ninguém simplesmente chama vocês assim. Nunca, ever, por nada.
A próxima vez que você pensar em acusar ou julgar qualquer cosplayer, ou qualquer mulher mesmo, pela roupa que ela tá usando: pára. Não passa vergonha. Fica quieto, pensa duas vezes. Reflete bem se você quer mesmo falar uma besteira dessas. 

VAMOS SER MENAS, NÉ NÃO GALERO?

Agora vamos debater: o que você pensa sobre o assunto? Você já passou por isso? Deixe nos comentários! 

Até a próxima! <3

Juliana Degel

7 comentários:

  1. Oiii :)
    Primeiramente quero parabenizar o post, ela está muito bem escrito, de uma forma critica e indo direto ao ponto :)
    Tenho que admitir que nunca fui muito fã da Jessica Nigri (não tinha uma boa impressão dela) mas tenho solidariedade a ela, e na verdade até passei a gostar dela depois dessa publicação, ela me surpreendeu, falou bastante coisa que eu achei que ela não falaria, eu também não sou ninguém para julgar os cosplays dela, como a mesma falou, cosplay é para se divertir, e se ela se diverte com pouca roupa está ótimo xD Além do corpo, a Jessica tem um rosto lindo, mostrando ou não o corpo, o cosplay continua bom, é só o estilo dela, e ela não precisa mudar o seu estilo por causa da opinião alheia ;/ e tenho que admitir que se eu tivesse o corpo dela não andava com burca não sahushahu *invejinha minha, enquanto isso eu tentando fazer dieta
    Gostei do que você disse, não importa como a mulher ande, com muita roupa, pouca roupa ou até mesmo pelada, de nenhuma forma o assédio é justificável :/ eu sei disso muito bem porque já tive que ir na delegacia por assédio.

    Eu também estava rascunhando um post com um desabafo meu sobre o atual mundo cosplay já que me magoei com um comentário grosseiro que um individuo fez quando eu postei a foto do meu cosplay de Kagome ;x
    *obs: deletei meu primeiro comentário devido a um erro grotesco de gramática

    Kissus Até logoo (๑・ω-)~♥”
    Blog:ShyandBrave

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente, obrigada! <3
      Desculpe a demora pra responder. Sinto muito que tenha passado por situações de assédio. É muito triste em pleno 2015 mulheres ainda terem que passar por esse tipo de coisa.
      E não ligue pra comentários negativos, viu? Sei que é difícil ignorar, eu sempre me afeto. Mas o que esse tipo de gente quer é atenção. Só deleta e segue em frente, aposto que seus cosplays são lindos! <3
      Beijos e obrigada por comentar!

      Excluir
  2. Assédio é cooisa de gente que não tem o que fazer ¬¬ --'
    Vamo combinar? Hoje em dia tá assim: se você faz cosplay com um pouco menos de roupa todo mundo te assedia e se você faz cosplay de algum personagem (tipo yuna, chun li) você é assediado ¬¬
    Já passei por isso, é ridiculo
    http://meubaudeestrelas.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/blogmeubaudeestrelas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A falta de noção das pessoas não tem limite. Eu ainda tenho esperança que esse assédio um dia acabe. :/

      Excluir
    2. Beijos e obrigada por comentar!! <3

      Excluir
  3. Esse tipo de caso é bem mais comum do que parece, as pessoas perdem cada dia mais a noção de civilidade, esquecem que existe o outro e que não é por uma roupa ser "assim" ou "assado" que você pode dizer ou fazer o que bem pensa, triste isso. ç^ç
    O mundo seria melhor se todos se respeitassem, mas isso nunca vai acontecer, só se matar tudinho e reconstruir o mundo com robôs programados para respeitar, amar e ser gente.
    http://crazyandkawaiidesu.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, é bem assim. Mas eu ainda tenho esperanças de que um dia as coisas melhorem e a gente não tenha mais que passar por esse tipo de absurdo. ):
      Beijos e obrigada por comentar! <3

      Excluir

O Otome TeaTime agradece sua visita! Não se esqueça de deixar um comentário falando o que achou, nós respondemos os comentários sempre que possível.

Você pode usar as seguintes formatações sem os espaços:
< i > Texto < / i > - Itálico;
< b > Texto < / b > - Bold;
< a href="LINK"> Nome do link < / a > Links.

ありがとう! ♥