Problematizando Ookami Shoujo to Kuro Ouji



Com essa onda de 50 tons de cinza vieram várias opiniões interessantes sobre o livro e o filme. Ok, e o que isso tem a ver com o mangá do título?

Bem, vou colocar abaixo a tradução da sinopse do manga vinda do site mangahere.com:

Erika mente para suas amigas a respeito de ter um namorado, mostrando a foto de um garoto anônimo. Entretanto, acontece que esse garoto é na verdade um colega de escola e é rapidamente reconhecido por suas colegas.
Sua conversa é escutada pelo rapaz, Sata Kyouya. Erika explica a ele e propõem a ideia de fingirem ser namorados. Entretanto, o que parecia ser um querido charmoso garoto, mostra-se um príncipe negro que usa das razões da menina para chantageá-la.

O manga é extremamente fofo no geral, conta a história de uma menina que acaba se apaixonando por um rapaz, que querendo ou não acaba ajudando ela, e mais tarde esse rapaz também se apaixona por ela. 

Ok, Paty, e o que essa linda história de amor tem a ver com 50 tons de cinza?



Bem... Uma das vertentes de críticas a 50 tons de cinza fala sobre não ser exatamente um relacionamento BDSM, até porque o rapaz ignora a "safe-word" quando ela a diz, e ser realmente um relacionamento abusivo.



Enquanto eu estava lendo Ookami Shoujo to Kuro Ouji eu tive um sentimento muito parecido. É verdade que o Kyouya diz e faz coisas diferentes, como um bom e normal tsundere, entretanto eu acredito que em várias vezes do mangá, o relacionamento chega a ser tóxico para a Erika. Para começar que a ameaça dele no mangá sobre "terminar o namoro" é com "você quer voltar a ser um cachorro estupido?". 
E é engraçado que sempre que ela consegue sair do relacionamento, ele faz algo para voltarem, sendo assim temos: A personagem feminina que se mostra muitas vezes sem nenhum tipo de auto-confiança ou incapaz de se impor, então temos a junção de uma protagonista sem um forte caráter contra um protagonista controlador e manipulador.



Não estou dizendo que o mangá não é bom ou que não mereça ser lido. Apenas querendo apontar algo que até então pouquíssima gente havia observado nele e pode ser sim um parâmetro de definir se é um bom manga ou mesmo se é o tipo de manga que você vá se interessar ou não.

Então, não faço diretamente a indicação, apresento aqui Okkami Shoujo to Kuro Ouji, um manga que apesar de ser fofo, mostra um relacionamento abusivo. Agora, cabe a você lê-lo ou não, gostar ou não. 

Conta pra gente o que vocês acharam do manga. ;)


Paty Berezowski

6 comentários:

  1. Eu tinha lido umas partes do mangá e fiquei um pouco espantada, sério, o jeito que ele a trata chega a dar uma sensação ruim em quem lê. Achei abusivo e meio ofensivo também, retratam uma clássica personagem feminina, boba, sem auto estima que acha que sua vida só vai ser interessante e completar se tiver um babaca ao seu lado. No geral, não gostei, mas tem gosto pra tudo nesse mundo , né ? Quando a 50 Tons, a mesma coisa, vai do gosto de cada um, mas o que vejo o pessoal esquecer bastante durante as críticas é o fato de que a protagonista fez o que fez por que quis, havia um contrato e ela o assinou por ´´ vontade própria ``. São boas histórias? Não dá pra dizer assim de cara, mas são ótimas oportunidades de rever o modo como retratam as mulheres na ficção nos dias de hoje.

    Oi meninas, tem post novo lá no blog! Meus 5 blogs favoritos pra vocês visitarem e curtirem, espero que gostem :)

    http://minhaspalavrasoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Iris, obrigada por tomar seu tempo para vir comentar. Pra você ter uma ideia, o numero de imagens que aparece ele segurando ela por uma coleira é assustador. :o

      Dps vou dar uma passadinha no seu blog <3

      Excluir
  2. Olá!
    Eu não cheguei a ler o mangá, nem pretendo, mas assisti uma boa parte do anime e: que ódio desse menino. O abuso psicológico é tão visível que... Argh. Não consegui assistir até o final. Minha irmã assistiu tudo e disse que ele "muda", mas esse ~amor~ que a Erika sente por ele é mais "dependência emocional" em minha opinião e ela também concorda que não era saudável nem mesmo no final.
    Enfim, 50 tons de cinza light vers. n kk
    Abraços~

    ~ Nankin Dust

    ResponderExcluir
  3. Eu odiei o anime por causa dos personagens... especialmente o menino. A Erika é bobinha e legal, mas eu ficava muito chateada por ela aceitar pequenas coisas dele, como se recompensasse todas as palavras estúpidas e hostis dele. Eu fiquei realmente MAL, com um sentimento amargurado vendo o anime. Não achei nada bonitinho, e na verdade torci até demais para ela ficar com outros garotos legais que apareciam na história. Minha nota pro anime foi 5/10, só pelo humor, senão seria menos ainda. :/ Infelizmente as garotas mais jovens não assistem os animes de forma mais crítica, e ficam endeusando esse tipo de história/ comportamento, como naquele Diabolic Lovers que é igualmente ridículo (ou pior).

    ResponderExcluir
  4. Sobre Ookami Shoujo to Kuro Ouji, não tive coragem de ler o mangá e nem de ver o anime.
    Só de ler a sinopse dessa história já me dá enjoo e raiva e o pior é que existe homem assim >.<

    ResponderExcluir
  5. Olha, o que até eu gosto desse mangá porque eu acompanhei a maneira como ele aos poucos vai mudando e deixa de ser esse cara todo fechado e galinha do passado. Mas tudo foi um processo muito longo e nisso ele fez esse monte de coisas ruins. No caso a Erika também teve seu lado ruim, uma mentirosa na cara dura e no começo estava usando ele para fazer pose para azamigas, então eu diria que ambos tiveram seus defeitos. E ele vai melhorando pelo que vi, mas não li todo o mangá então não posso falar nada sobre o final. Mas não consigo olhar como 50 tons porque eu sei que é muito mais humilhante que Ookami, nem se compara, já que Ookami não envolve dinheiro, 50 tons tem aquele tom de mulher usada no sentido físico mesmo, então acho muito mais pesado.
    Não que Ookami seja um mangá perfeito, longe disso, mas eu acabo vendo todo o passado e as mudanças nos personagens com o passar dos capítulos, mas o processo de mudança do Sata foi bem lento e tem que ter muita perseverança pra lidar com isso ne.
    Naquelas, vendo e aprendendo com os erros XD

    ResponderExcluir

O Otome TeaTime agradece sua visita! Não se esqueça de deixar um comentário falando o que achou, nós respondemos os comentários sempre que possível.

Você pode usar as seguintes formatações sem os espaços:
< i > Texto < / i > - Itálico;
< b > Texto < / b > - Bold;
< a href="LINK"> Nome do link < / a > Links.

ありがとう! ♥