Como você lida com seus pais?



Olá galerinha! Tudo bom com vocês? Eu passei a semana inteira doente e com muita dor de cabeça por causa da adaptação dos meus óculos novos, mas estou um pouco melhor, mas não 100% ainda. ;_; Graças a isso demorei a escrever o post, mas ao longo do tempo já vinha pensando no que escrever. Nossas senpais pegaram pesado no tema, devo dizer. Vou tentar abordar a relação de pais e filhos e como lidar com certas situações, baseado no que vivo e no que vejo com mais frequência. Vamos lá!

Pais e filhos geralmente tem uma relação complicada. Mas complicada como? Bem, sempre existe aquelas briguinhas por motivos pequenos e que muitas vezes se torna algo monumental. "Acorda
!", "Sai desse computador!", "Para de ver TV e vai estudar!" são uma das coisas que mais ouvimos. Filhos que gostam de jogar vídeo games e ver animes parece que sofrem duas vezes mais: 'Sai desse vídeo game!", "Vai assistir algo que preste!" dentre outros, não é?

Muitas vezes o vídeo game e a TV interferem nas notas dos filhos e isso preocupa os pais, gerando brigas e puxões de orelha. Como lidar com isso? Bem, primeiro veja se as brigas tem um fundo considerável de razão. Sim, muitas vezes os pais brigam apenas por brigar, e mesmo quando você já fez tudo que eles pediram ou tudo que tinha para fazer, eles pegam no seu pé mesmo assim. Se sim, resolva o problema, seja ele estudar, lavar as louças, arrumar o quarto. Isso em 90% das vezes funciona. Mas existe a chance de não funcionar. E como você lida com isso? Aos berros não dá certo. Quando não há motivo aparente para uma reclamação dos pais o ideal é não se importar tanto assim. Procurar amenizar a situação é sempre o ideal a se fazer e vamos relevar né? os pais sempre querem o melhor para seus filhos. Também não faça nada querendo reconhecimento: nem todos dão isso. Mas claro, o ideal é dar esse reconhecimento.


Pais são sempre super protetores e sempre vão querer ir em busca daquilo que eles consideram o melhor para o filho, mesmo se não for o que você queira. Isso acontece sempre. É importante que você compartilhe seus planos com seus pais, explique exatamente o que pretende fazer , principalmente com relação a faculdade para que eles fiquem tranquilos. Claro que se tratando de familiares nem tudo é certo, então isso também pode não ser útil, depende muito do seu relacionamento com eles. Mas uma coisa é certa, mostre empenho, dedicação, esforço e amor pelo que faz que não importa o que seja, eles irão te admirar. O outro lado dos pais é serem muito babões dos filhos. Mesmo nem sempre demonstrando tanto a empolgação, o reconhecimento e relevância que nós esperamos, nossos pais muitas vezes se orgulham e realmente querem nos ajudar. E esses puxões de orelhas são muitas vezes para nos alertar ou apenas um sinal de incompreensão da situação, o diálogo pode resolver muita coisa. Mas dialogar com parentes é uma tarefa difícil, porque nem todos entendem nossa geração, nossa cabeça, sentimentos, vontades e medos. Você precisa explicar se quer ser entendido, certo?

Bem pessoal, se eu puder ajudar ao menos uma pessoa com essa postagem, vou estar realmente muito feliz porque achei muito complicada escreve-la ;-; Esse é um assunto delicado que abordei à minha maneira, espero que consigam entender. Vou ficando por aqui, e de verdade, me perdoem. Eu pretendia preparar algo melhor e mais detalhado e delicado, mas como fiquei doente não consegui a tempo. Obrigada por lerem! Bye bye :3


Rayane

Me chamo Rayane, sou estudante de Fisioterapia e Japonês. Adoro cozinhar, fotografar, viajar e desenhar. Tenho 20 anos e sou viciada em jogar Pokémon, cultura japonesa e coisas fofas. Bem vindo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Otome TeaTime agradece sua visita! Não se esqueça de deixar um comentário falando o que achou, nós respondemos os comentários sempre que possível.

Você pode usar as seguintes formatações sem os espaços:
< i > Texto < / i > - Itálico;
< b > Texto < / b > - Bold;
< a href="LINK"> Nome do link < / a > Links.

ありがとう! ♥