Apresentando: Ketsueki Gata Seikaku Bunrui, personalidades por tipo sanguíneo ~


Ooooi! O blog ficou um tempinho sem atualização por que eu estava ocupadinha colocando toda a minha rotina de volta nos eixos, na verdade eu nem tava com vontade de fazer isso não, mas uma certa pessoa tem me pressionado um pouquinho. Eis uma representação gráfica:



De qualquer forma, vamos comemorar o fato de fazer uma semana que eu estou indo regularmente nas aulaaaaass~~ ~~~ aeee  (ノ◕ヮ◕)ノ*:・゚✧



Um tempinho atrás, eu tinha visto no Facebook uma colega comentando sobre a definição da personalidade dela pelo seu tipo de sangue. Acabei ficando curiosa, já que tinha ligação direta com alguns personagens de anime. Ela me passou um link de um post do blog XIL, de 2010. Estou adaptando o texto do blog, caso tenham a curiosidade de ver a postagem completa, vou deixar o link no final!

Muitos ocidentais acham estranho as fichas de personagens de desenhos japoneses, que muitas vezes incluem o tipo sanguíneo. Mas saiba desde o começo desse texto, que isso não é por simples perfeccionismo oriental. Para os japoneses, o tipo sanguíneo pode ser muito importante.

Qual é a grande importância no tipo sanguíneo?

Os japoneses não estão em busca de doadores. Na verdade, isso tem base em teorias criadas já em 1916, por Takeji Furukawa, da Universidade Ocha no Mizu, pesquisador da psicologia humana e traços de personalidade, que ligava o tipo sanguíneo à forma que o cérebro funciona.
Sua teoria vinha de pesquisas sobre a Teoria dos Tipos de Humor, muito influente durante a idade média, e que creditava a fluidos do corpo o que a gente credita como personalidade. Furukawa buscou relações diretas com o tipo sanguíneo.

Basicamente, dizia que os diferentes tipos sanguíneos reagiam de formas diferentes a perguntas, cada um ativando uma parte especifica do cérebro, criando assim, reações especificas de cada grupo sanguíneo. Mas as experiências estavam mais em estatísticas.

Hoje, o mundo científico já descartou essa teoria, existindo testes diversos, negando a veracidade dela. Apesar disso, muitos ainda acreditam.
As pesquisas, estritamente cientificas no começo, logo caíram na graça popular. O “horóscopo sanguíneo” se difundiu no Japão, onde ele se popularizou a ponto de bater de frente com a astrologia, entre os carentes de um norte para suas vidas.

Esse tipo de “bidus” sanguíneos acabou saindo da definição de personalidade e indo pro mesmo terreno da astrologia de jornal: seu sangue decide como vai ser seu dia, que cor que vai te dar sorte, o que você deve comer… E é claro que se você encontra gente que acredita nisso assistindo TV, vai ter um em algum lugar mais próximo do que você imagina.

Pois saiba que muitos mangakás acreditam nisso! E não são alguns, são muitos mesmo. De todos os gêneros.

Bom, vamos aos tipos!



A

 É o tipo educado 

  • Organizado;
  • Gosta de ter seu espaço e não gosta de ver esse espaço invadido;
  • Não acredita que as outras pessoas não se importem com a desordem, por exemplo, de uma mesa durante o jantar;
  • É o que lava os pratos e guarda tudo, não por que tem que fazer isso, mas por que se não o fizer, fica com aquela sensação desagradável;
  • Quando conversa com alguém, sempre tenta passar uma boa impressão e fica pensando sempre no que os outros vão achar dele;
  • Gosta de agradar e é um bom anfitrião;
  • Mas respeite as regras da casa. E elas valem pra sempre. Até na sua casa;
  • O tipo A sabe o que é melhor pra todo mundo, mesmo quando ninguém aceita;
  • Não costuma passar seus sentimentos de forma direta;
  • Respeita todas as regras, mesmo sem saber por que;
  • Tudo deve ter uma razão, mesmo que todos desconheçam essa razão;
  • Ao ser questionado, usa uma parte do cérebro que corresponde aformação de frases. Ou seja, está criando mais perguntas antes de responder a primeira;
  • Por exemplo, um entrevistado, ao começar as perguntas básicas, como nome e idade, já começou a usar sua parte especifica do cérebro. Ao fim da entrevista, perguntado sobre o que pensou no inicio, respondeu que ficou imaginando se as respostas já teriam importância no resultado, se o tom de voz implicaria em algo, etc;
  • Mais de quarenta por cento do povo japonês é do tipo A, o que explicaria até certas características da cultura japonesa.



 Autores do tipo A:

 Naoko Takeuchi (Sailor Moon)

 Rumiko Takahashi (Ranma 1/2, InuYasha)
 Masami Kurumada (Cavaleiros do Zodíaco)
 Hideaki Anno e Yoshiyuki Sadamoto (Evangelion)
 Osamu Tezuka (Buda, Astroboy) 

 Personagens do tipo A:


 Mu de Áries - Saint Seiya
 Mamoru Chiba (Tuxedo Mask) - Sailor Moon
 Tomoyo Daidouji - Sakura Card Captor
 Anne Hououji - Guerreiras Mágicas de Rayearth
 Chun Li - Street Fighter




B
 É o tipo Caótico 

  • Egoísta por natureza, mesmo que sem maldade ou intenção;
  • Gosta muito de si mesmo e de seu próprio ideal;
  • Se magoa fácil, muito fácil. E estoura, chora se possível, resmunga. Não guarda, sua mágoa não volta pra casa;
  • Não se importa em viver em um ambiente desorganizado, principalmente por que acredita que essa é sua forma de ordem;
  • Mas em toda essa desordem e caos, está um líder sem igual;
  • Decidido, não muda de opinião e se esforça ao máximo, de todas as formas para conquistar seu ideal e se acreditar que algo é certo, vai defender isso à todo custo;
  • Apesar disso, é considerado um tipo difícil, por sua personalidade forte e inadaptável;
  • Seu jeito direto e decidido pode ser um charme, mas em geral, o tipo Bnão costuma se interessar em sentimentos e se enjoa rápido;
  • Se apaixona em um dia, mas se conseguir, esfria. Se não conseguir e demorar, esfria;
  • Não liga para regras. Não liga para listas. Provavelmente, acha tudo isso aqui uma bobagem;
  • Acredita-se que ao ter um pensamento próprio, o tipo B usa uma parte do cérebro que libera adrenalina, ou seja, acaba se embriagando de si mesmo;
  • Em entrevistas, o tipo B se mostrou bem sincero, respondendo rápido e claramente as perguntas, sem nem pensar o por que ou o quê pensam sobre ele. Muitas vezes, muda para um assunto de seu interesse. E antes do fim, por mais curto que seja, já perdeu o interesse e quer fazer outra coisa.


 Autores do tipo B:

 Gosho Aoyama (Detective Conan)
 Yoshito Usui (Crayon Shin-chan)
 Leiji Matsumoto (Yamato – Patrulha Estelar)
 Ken Akamatsu (Love Hina)
 Hiroshi Gamou aka Oba Tsugumi (Luckyman, Death Note, Bakuman)
 Personagens do tipo B:

 Minako Aino (Sailor Venus) - Sailor Moon
 Blanka - Street Fighter
 Meiling Li - Sakura Card Captor
 Seiya de Pégasus - Saint Seiya
 Tifa Lockheart - Final Fantasy VII





AB
 É o tipo indefinível 

  • Está sempre flutuando, disperso. Sempre um pouco deslocado da roda, mesmo prestando atenção;
  • Mistura características dos tipos A e B, pois usa tanto a parte do cérebro destinada ao tipo A, quanto a destinada ao tipo B, mas nunca simultaneamente e nem com controle disso;
  • Por isso pode fazer coisas que, para os outros, pode parecer sem sentido, simplesmente porque mudou a área que usa do cérebro;
  • Mas pelo contrario, pode ser muito adaptável às situações, por que seu cérebro está sempre cem por cento ativo e incansável;
  • Costuma ter idéias e fazer coisas que as outras pessoas nem imaginam;
  • Seu senso de humor é único. Por isso, muitas vezes, ri sozinho;
  • É a personalidade mais completa, mas ao mesmo tempo, mais confusa;
  • O tipo AB costuma parecer sempre sorridente. Mantendo aparências;
  • Costuma cortar de sua área de interesses todo mundo que a magoa, pra sempre;
  • Mas é compreensivo. Entende todo mundo, aceita todo mundo, por que pode pensar da mesma forma;
  • São sensíveis e carinhosos, porém, muitas vezes, escondem. Nunca vão se mostrar abalados, nunca vão chorar, dar o braço a torcer. Não na frente de alguém;
  • Se distancia de provas de força. Ainda mais quando sabem que vão perder;
  • Não arriscam. Jogam pra vencer ou não jogam. Quando não é pra valer, deixam CLARO que não é pra valer, ainda mais se perderem. Detesta perder;
  • Racionais, apesar de seu calcanhar de aquiles ser seu emocional;
  • Direciona toda sua vida a um modo pessoal de viver, tentando ao máximo ser diferente. E em geral, é. Diferente de todos, em todos os aspectos. No mínimo estranho;
  • Em entrevista, o tipo AB se mostrou disperso. Uma pergunta podia culminar numa longa resposta, muito provavelmente saindo do assunto. Também mostrou que não costuma dar respostas óbvias, muitas vezes saindo com idéias criativas, por predileção.

 Autores do tipo AB:

 Shotaro Ishinomori (Cyborg 009)
 Riyoko Ikeda (Rosa de Versailes)
 Yoshiyuki Tomino (Gundam)
 Takeshi Obata (Death Note)
 Personagens do tipo AB:

 Saga de Gêmeos - Saint Seiya
 Eriol Hiiragizawa - Sakura Card Captors
 Rei Hino (sailor Mars) - Sailor Moon
 Cloud Strife - Final Fantasy VII
 Himura Kenshin - Samurai X



O
 É o tipo coringa 


  • Sociável, bom papo. Centro das atenções em uma roda;
  • Aliás, sempre precisa ser o centro das atenções. Sempre;
  • Porém, lento pra se mexer, agir. Talvez esperando convenientemente por alguém que faça antes;
  • Tem dificuldades em escolher qualquer coisa e é dependente por natureza;
  • Costuma ter uma vitalidade invejável;
  • E após definir um objetivo, não retrai;
  • Mostra seus sentimentos de forma direta;
  • Sabe se aproveitar do que tem e fica bem nas sombras dos outros, quando precisa. Mas muitas vezes é apontado pra líder, por sua boa atuação social. É o líder popular, mesmo que não atuante;
  • Como muitas vezes aceita o que lhe mandam, parece fútil. Mas decidido, não retrai até conseguir o que quer;
  • Sua personalidade não é muito visível a primeira vista, por que em geral costuma se adaptar às pessoas próximas;
  • É detalhista, enxerga onde ninguém mais vê;
  • Tem veneno na língua, que sai mesmo sem saber, sem querer. E muitas vezes, isso passa despercebido, porque as pessoas perdoam pela boa impressão que costumam ter;
  • Tem aversão por testes de inteligência, não por ser burro. Mas por não querer parecer um. Não quer ser provado;
  • Faz amizades com facilidade e tenta manter todos por perto;
  • Problemas ficam na cama. Acordou, já passou!
  • Em entrevista, demorou para responder mas é muito objetivo. Pensa pra falar;
  • No Brasil, a maior parte do povo é do tipo O. Social, dependência, vitalidade e a língua venenosa. Até o “jeitinho brasileiro” tá lá. Sabe aproveitar o que tem.


 Autores do tipo O.

 Hayao Miyazaki (A Viagem de Chihiro)

 Fujiko F Fujiyo (Doraemon)

 Mamoru Oshii (Ghost in The Shell)
 Personagens do tipo O:

 Guile - Street Fighter
 Makoto Kino (Sailor Jupiter) - Sailor Moon
 Syaoran (Shao-Lang) Li - Sakura Card Captor
 Hikaru Shidou - Guerreiras Mágicas de Rayearth
 Usagi Tsukino (Sailor Moon) - Sailor Moon



Sendo verdadeiro ou não, a análise é bem interessante e representa muito bem vários personagens que conhecemos.
É importante lembrar que essas descrições são bases, experiencias de vida e outras coisas podem é claro, afetar na personalidade de uma pessoa.
Além disso, independente de ser real ou não, alguns autores assumem que usam essa tabela para basear seus personagens. 


E então, sua descrição bate com seu tipo sanguíneo? 。◕‿◕。

{Este post é uma adaptação de uma antiga matéria do blog XIL. Clique aqui para ver o conteúdo na íntegra.}


Gleice F.

A.K.A うさぎQUEEN. 24 anos, estudante de Gestão Empresarial. Fã de mahou shoujo, rap e jogos indies.

6 comentários:

  1. Olá ^.^
    Como vão as coisas?
    Bom, eu sei que já está meio passado, mas eu esqueci de avisar que marquei seu blog em uma tag. Acredita? haha' nem eu!
    Se lhe interessar participar eu ficaria agradecida! Eu que inventei a tag e espero que goste!
    http://sono-otaku-sekaide.blogspot.pt/2014/01/tag-quem-sou-eu.html

    Kissus~

    ResponderExcluir
  2. Wat? Sou tipo A e neste momento o único canto da minha casa não bagunçado é a clareira que eu abri pra gastar meu tempo na internet. E minha amiga louça está me esperando com muitos convidados lá na pia. Hahahaha horóscopos nunca funcionam comigo, sempre sou o oposto (e lá se vai a característica de obedecer as regras. Se eu posso quebrar, eu vou quebrar, just because). Já tinha visto essa coisa do sangue, acho que na veja, mas explicava sobre a dieta mais adequada pra cada tipo. Dizia que o tipo A tinha que comer tomate. Hoje não como mais tomate hahahaha

    ResponderExcluir
  3. Sou do tipo coringa. :O
    Achei algumas coisas bem parecidas comigo mesmo, menos o fato de ser o centro das atenções. q
    Gosto de ler esse tipo de coisa *-* Gostei muuuito do post. <3

    ~~ maisumapanda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. No japão tem mania de reparar a pessoa com tipo sanguíneo. E exatamente isso que vc escreveu, não sei por cultura que eu vivi lá, acaba achando a mesma coisa dessa postagem. Sou do tipo A (não sei se é negativo ou positivo) eles querem as coisas toda certinha, mas parece que acaba não dando certo por ser muito insistentes e teimosos.

    E essa garrafinha no meio do texto.. achei uma fofa ♥

    ResponderExcluir
  5. Olá!!

    Esse negócio do tipo sanguíneo implicar na vida é igual ao horóscopo ocidental e oriental. Nem tudo vai bater com a personalidade da pessoa, mas possui diversos itens que não são mera coincidências.

    Sei que meu tipo sanguíneo é A, embora não saiba se é + ou - e bem, algumas das coisas listadas batem bastante com a minha personalidade. xD

    Acho interessante esse lance dos japoneses. Assim como nós cremos nos atros e etc, eles tem sua maneira de crer em algo. Já li a respeito (não sei aonde) que perguntam a tipologia até nas entrevistas de emprego. Essa informação confere?

    Seu blog é muito fofo!! Parabéns!!

    Até mais

    ResponderExcluir
  6. Achei muito interessante essa matéria, nunca tinha ouvido falar nessa análise por tipo sanguíneo, mas bate com minha personalidade bem mais que o horoscopo, sou de peixes e sempre se refere como sensível. Mas ai meu tipo de sangue O se refere bem ao que penso, Se eu gostar de você, você saberá, agora se eu não gostar de você, com certeza você saberá também kkkkkk

    ResponderExcluir

O Otome TeaTime agradece sua visita! Não se esqueça de deixar um comentário falando o que achou, nós respondemos os comentários sempre que possível.

Você pode usar as seguintes formatações sem os espaços:
< i > Texto < / i > - Itálico;
< b > Texto < / b > - Bold;
< a href="LINK"> Nome do link < / a > Links.

ありがとう! ♥