Resenha: Crunchyroll ~ Difícil de engolir?

Olá pessoal! ~
Vocês conhecem o Crunchyroll?
A Crunchyroll começou em 2006 nos EUA como um serviço sem fins lucrativos de downloads e transmissão especializada na exibição de conteúdo asiático. Parte do conteúdo hospedado pelo site foram versões de fansubs de animes ou bootlegs de lançamentos oficiais nos Estados Unidos. Entretanto, a Crunchyroll removeu todos os conteúdos que violavam copyright quando solicitado pelo autor ou detentor do direito.
Adaptado: Wikipédia, último acesso: 02/01/13
Lançado aqui no Brasil em 01 de Novembro de 2012, o site sofreu duras críticas por parte dos fãs de anime. Alguns diziam que era o fim de uma era de downloads gratuitos. Eu fiquei sabendo dessa reação negativa ao site pelos comentários que vi na notícia postada pela JBox.
Esse tipo de pensamento originou o Coluna Vertebral #2, que me inspirou a testar o serviço. A principal reclamação era a de que não era concebível pagar por um serviço que podia ser conseguido de forma gratuita anteriormente.

“É o começo do fim para os fansubbers de animes que se intimidarem com a “chegada” do Crunchyroll no Brasil. Não deixem que destruam toda uma tradição de compartilhamento que surgiu das nossas necessidades e que se tornou o pilar de toda a cultura otaku brasileira.”
O Crunchyroll não é uma forma de compartilhamento? Se não quiser pagar, tudo bem, assista seu anime com uma semaninha de atraso. Isso é tão grave assim?
O “pilar da cultura otaku” acho que é outro: parasitar trabalho alheio e achar que toda uma indústria é obrigada a manter seu “vício” sem ter nenhum tipo de recompensa. Otaquinho revoltado vs resposta do Tio Cloud (autor da Coluna Vertebral) 
Então, aproveitando o feriado prolongado do fim de ano, me prestei a perder um tempo explorando o ~novo~ site.





  • Primeiras impressões:

     Logo de cara, o site te oferece uma degustação de duas semanas da conta premium, um modo de te mostrar na prática as vantagens de ser assinante. Ainda não ativei a minha, resolvi testar o site inicialmente como um usuário comum. Mais tarde, descobri que para ativar, você precisa cadastrar uma das seguintes opções de pagamento: paypal, cartão de crédito ou e-check. No caso do cartão de crédito, ele precisa ter limite para que a operação funcione. Senão, adeus degustação. Você pode conseguir um free pass de 48hs, sempre tem gente sorteando por aí. Principalmente no fórum, nesse tópico aqui.A degustação não é paga, mas eles começam a cobrar após as duas semanas, daí você pode cancelar o serviço assim que o premium gratuito vencer.

    O site é limpo e tem uma aparência bastante amigável. Inicialmente pode parecer que está tudo jogado e bagunçado na tela, mas depois você percebe como é feita a organização do site. Cada anime tem uma página individual, com as informações gerais, capa e episódios disponíveis. 

  • Sobre as propagandas:




    Outro fato que foi bastante citado são as propagandas. Percebi que existe uma uniformidade nelas. São 3 por episódio, e podem ser puladas após 5 segundos de exibição. Também há propagandas no fórum e logo abaixo do cabeçalho do site, no momento em que você está assistindo um anime. Nada que incomode. Aliás, estudos dizem que nós aprendemos a ter uma visão seletiva, de modo que, muitas vezes ignoramos COMPLETAMENTE os anúncios.
  • Sobre os animes:
    O primeiro anime que assisti chama-se Teekyu. É um anime curto, tem de 2 minutos de duração. Nesse anime eu não tive problemas e nem precisei assistir nenhum comercial para vê-lo. Acontece que de um modo surpreendente, eu não consegui ver mais nenhum episódio desse anime. Por que? Aparentemente, ele não está mais disponível. Então eu percebi, do episódio 1 ao 4, eu não podia ver por que os mesmo já não estavam mais disponíveis. O episódio 5, por exemplo, vai ~sair do ar~ para não-assinantes dia 06 de Janeiro, segundo a informação do site. Acho que isso tem haver com o fato do anime ser curto e sem propagandas. De qualquer forma... Acho que eu só consegui assistir por um bug que acontece quando você clica pra iniciar a degustação do premium e volta a página. Ou eu assisti o que eles chamam de preview e não percebi. Não tenho certeza. Atualmente o site conta com 40 títulos entre animes antigos e estreias.
    Inicialmente, eu gostei.



    Assisti YuruYuri, um anime que já tinha visto anteriormente, pra ter certeza de que a versão do Crunchyroll era ao menos parecida com a versão que eu tinha visto do fansub. Até aí, nada de diferente. Percebi que alguns episódios só podiam ser vistos por usuários premium, esses episódios são sinalizados com uma estrela. No caso de episódios ainda não disponíveis para usuários free, o site habilita uma preview de 2 minutos em média. Por outro lado, percebi que os episódios sinalizados com uma coroa podem ser vistos em 1080p, mesmo que você seja um usuário comum. Infelizmente, nem todos os episódios estão disponíveis pra essa opção.

  • Diferenciais:

    Countdown; Uma coisa legal sobre o site é a uniformidade no lançamento de episódios. Cada anime tem uma página individual e em baixo de cada vídeo ainda não lançado fica marcado quando tempo o anime vai demorar pra ficar disponível. Provavelmente, as contagens entre free e premium mudam, visto que o free só pode ver o anime uma semana após seu lançamento.



    Sistema de Queue; Quem tem tumblr já sabe o que é! *apanha*
    O sistema do site te permite marcar os animes que você está vendo ou te interessam, salvando o episódio ou o momento em que parou, você pode acessar facilmente de qualquer lugar do site.



    Fórum; O site é levemente puxado para uma rede social. Tem a opção de adicionar amigos, fotos, livro de visitas. Um fato curioso sobre o fórum, o sistema de reputação é feito com pontos, onde quase toda sua interação no site é pontuada. Com mais de 500 pontos, você se torna apto a criar tópicos. Um bom modo de evitar o spam, tópicos inúteis e afins.


Você ganha...
2 pontos por cada post no fórum, post no livro de visitas ou comentário de vídeo;
1 ponto por votar numa enquete;
3 pontos por verificar o seu e-mail;
5 pontos por ter um avatar;
5 pontos por completar o seu perfil;
2 pontos por cada foto em sua galeria;
1000 pontos por cada mês de assinatura comprada.

Com os pontos você pode...
Se você tem 20 pontos, você pode procurar usuários no site;
Se você tem 500 pontos, você pode iniciar um novo tópico no fórum.



Outras mídias; Eu acessei o Crunchyroll pelo meu Iphone, e assisti The World God Only Knows com legendas em inglês, não precisei ver nenhuma propaganda, mesmo sem estar usando a degustação premium, não sei se isso devia acontecer, mas foi bem legal.



No site, eles tem uma tabela (meio incompleta cofcof) de vantagens de ser Premium.


Premium Free
Seleção de Vídeos Todas as séries de anime
Ver a lista
Número limitado de séries
Acesso à Transmissão Simultânea Transmissão Simultânea de Anime (no mesmo dia em que é transmitido no Japão) Atrasado (geralmente uma semana após a emissão televisiva)
Qualidade do Vídeo Alta definição HD 1080P1
Alta definição HD 720P1
Definição aprimorada ED 480P
Definição Padrão
Aparelhos Transmissão sem anúncios em:
iPhones e iPads
Android
Roku
E mais!
Transmissão com anúncios em:
iOS apenas com WiFi
Android apenas com WiFi
Anúncios Comerciais Sem anúncios de vídeo nos animes, sem anúncios em todas as páginas Exibir propagandas, propagandas antes do vídeo, no meio deles, ao término e sobrepostos.
Suporte Atendimento VIP, resposta rápida Sem suporte
Preço R$ 9.99/mês Suportado por anúncios




Então... Vale a pena se cadastrar?

Hm... Sim, vale. Sabe, eu acho que vale a pena desde o momento que você se cadastra e começa a usar. Mesmo com os empecilhos das propagandas e das restrições de alguns animes, ainda sim, é algo que dá pra conviver.
Vale lembrar que o site tem a licença dos animes que exibe (um dos motivos do site ainda ter poucos títulos), ao contrário dos fansubs, ou seja, você está assistindo algo de forma legal e ainda colabora com o seu estúdio favorito. Além disso, com a maior procura do site e do seu conteúdo, eles vão poder correr atrás de mais séries.
Se você tiver algum dinheiro sobrando, aconselho que experimente o premium, o site agora aceita boleto, o que é uma grande porta de entrada para novos assinantes.

Fugindo um pouco, acho que essa impressão maligna que as pessoas tem do Crunchyroll, vem do simples fato de que vários otakus/fãs de anime nasceram e ainda vivem da ideia de que o anime é uma entidade mágica que nasce do nada e é nos dado gratuitamente. Mas esquecem que para assistir um anime, é necessário no mínimo, ter internet (que alguém paga), ter um computador (que alguém tem que comprar), ter luz elétrica (que alguém tem que pagar).
Nada é de graça, essa ignorância generalizada de que o anime tem que ser algo gratuito é absurda. Alguém paga pra produzir aquilo. O problema é que isso entra numa espiral de discussão sobre a pirataria e ética, e aí o papo se perde e se torna subversivo demais. Na minha humilde opinião, se alguém diz ser tão fã de algo, teria que no mínimo, apoiar seu ídolo na medida do possível. Em outras palavras... não quer assinar, não assina. Mas dizer que a iniciativa do site é uma ~merda~ é o equivalente a jogar a mesma na cara do seu estúdio favorito.

Muitos beijos,

Gleice F.

A.K.A うさぎQUEEN. 24 anos, estudante de Gestão Empresarial. Fã de mahou shoujo, rap e jogos indies.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Otome TeaTime agradece sua visita! Não se esqueça de deixar um comentário falando o que achou, nós respondemos os comentários sempre que possível.

Você pode usar as seguintes formatações sem os espaços:
< i > Texto < / i > - Itálico;
< b > Texto < / b > - Bold;
< a href="LINK"> Nome do link < / a > Links.

ありがとう! ♥